terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Capa para bombona/garrafão/galão d'agua

O crochê em barbante (me lembra infância, já loooonge, e não existiam as embalagens plásticas neste período da minha vida e todos os embrulhos eram em papel pardo, papel de pão e até jornal em alguns casos, mas sempre segurados pelo: Barbante!, me encantava o nózinho, aquele que fazem pra puxar fácil e até hoje compro na banca 43 do mercado público de Porto Alegre,  pois eles ainda utilizam este modo de embalar os produtos, o Durex já é coisa mais "contemporânea" hehe, só fui conhecer lá pelos anos 60, na verdade foi inventado em 1930, e não tem o mesmo charme, senão praticidade), só que achei que este trabalho ficou, no meu gosto um tanto infantil mas trabalho é trabalho não é? Fiquei realmente impressionada com a gama de fios barbante que existem, tanto nas espessuras quanto nas cores e nos matizes.


segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Sachet amarelo.

É claro que amarelo não podia faltar.